Dia Mundial do Saneamento

etar_bacia_ribeira_colares15
Categoria
Datas comemorativas
Data
2020-11-19

Assinala-se a 19 de novembro o Dia Mundial do Saneamento.

Apesar de não se verificar nos países ocidentais uma falta generalizada de saneamento, não significa que esta situação ocorra nos restantes países. De facto, podemos considerar que vivemos num ponto privilegiado do globo, porque em pleno século XXI cerca de 2,2 milhões de pessoas não têm acesso a água potável e 4,2 mil milhões vivem sem saneamento adequado, ou seja, 60% da população mundial não possui instalações sanitárias, apesar de ser um direito básico humano. Cerca de 637 milhões de pessoas ainda praticam defecação a céu aberto, o que contribui para cerca de 432 mil mortes todos os anos. A ONU prevê que esta situação venha a ser agravada com as alterações climáticas.

A população do Concelho de Sintra é servida por cerca de 1.011 Km de redes de coletores e emissários, com 16 Estações de Tratamento de Águas Residuais domésticas e 26 Estações Elevatórias. A rede de saneamento a Sul do Concelho drena para o Sistema AdLVT.

Mesmo quando em ETAR, e por se tratar de um recurso tão precioso como a água, o seu tempo de vida útil não termina aqui! Os SMAS lançaram há mais de 15 anos, o Projeto “EcoÁgua”, visa a reutilização de águas residuais tratadas para fins múltiplos, como a lavagem e higienização de contentores de superfície, varrição urbana e lavagem de arruamentos, limpeza e desobstrução de coletores de drenagem de águas residuais, limpeza de mecanismos das estações de tratamento de águas residuais.

Importa por isso adotar comportamentos que não prejudiquem o saneamento que temos e que por vezes não se dá o devido valor! Assim, aqui ficam alguns conselhos:

- O óleo alimentar usado deve ser depositado no oleão de forma a ser possível reutilizá-lo, a sua localização no Concelho de Sintra pode ser consultada em 

 https://www.smas-sintra.pt/residuos/rede-de-recolha-de-residuos-urbanos/oleoes/;

- Pontas de cigarro, aparentemente insignificantes por serem de tamanho tão reduzido, estão carregadas de químicos que não desaparecem, o seu lugar é no lixo indiferenciado;

-  Os cabelos e o fio dental são outros dos problemas que afetam os equipamentos das ETAR e não só, devem por isso ser depositados com o lixo doméstico;

- Toalhitas, lenços de papel ou papel de cozinha, são muito mais resistentes que o papel higiénico por isso devem ser encarados como lixo;

- Produtos de higiene (fraldas, pensos higiénicos, tampões, preservativos, cotonetes, etc), são produtos de grande durabilidade, devem por isso ser colocados no lixo indiferenciado;

- Medicamentos são grandes contaminadores da água e dificultam o normal tratamento biológico das ETAR, devem ser entregues nas farmácias;

- Borras de café, são um excelente fertilizante para certas plantas, quando não é possível reutilizar, devem ser depositadas juntamente com o lixo doméstico;

- Tintas e outros produtos químicos, possuem contaminantes químicos por isso deve ser-lhes dado o destino aconselhado na embalagem;

- Areão para gatos, de difícil degradação, não deve ser deitado na rede de saneamento.

Todos estes exemplos prejudicam o normal funcionamento das ETAR e rede de saneamento em geral, mas antes de lá chegarem podem provocar graves problemas na canalização doméstica. A sua ação conjunta pode provocar bloqueios e entupimentos de difícil resolução. É por isso essencial que se adotem comportamentos corretos para se usufruir de um saneamento de qualidade!

 
 

Todas as datas

  • 2020-11-19